sala de estar

sala de estar

Comprar um imóvel está nos planos da maioria dos brasileiros.

Veja algumas dicas importantes na hora de avaliar a compra de um apartamento ou casa:

 

1. Estado de Conservação:
Sempre verifique se há trincas, manchas de umidade, azulejos ou pisos se soltando ou rachados. O telhado merece atenção especial, para ver se faltam telhas ou se elas estão rachadas. Verifique se as calhas apresentam furos ou estão enferrujadas.

 

2. Idade do Imóvel:
Quanto mais novo, melhor é o imóvel. A idade dele pode trazer alguns problemas na construção.

 

3.  Acessibilidade:
A proximidade com redes de transporte público faz toda a diferença. Proximidade a escolas, supermercados, hospitais e até mesmo ao local de trabalho também devem ser avaliadas pelo comprador.

 

4. Vizinhança:
Procure sempre a vizinhança que mais lhe agrade e combine com o seu perfil.

 

5. Posição em relação ao Sol:
Imóveis com face norte tendem a ser mais iluminados e menos úmidos.

 

6. Documentos:

avaliar imovel

Muita Atenção à Documentação!

 

Caso tenha dúvida, o comprador deve procurar o corretor de imóveis ou advogado de sua confiança. Não dê nenhuma entrada ou parcela de pagamento sem ter certeza de que toda documentação está correta.

 

7. Potencial de Valorização:
Pense no futuro! A implantação de uma nova linha ou estação de metrô próxima pode valorizar muito o imóvel, bem como a construção de um shopping.

 

8. Condições Ambientais:
Cuidado com regiões sujeitas a enchentes, ou seja, locais baixos e próximos a rios e córregos. Verifique também a proximidade com lixões, e particularmente o passivo ambiental do imóvel.

 

9. Ruídos:
Certifique-se de que o barulho não será um problema, como vias de tráfego intenso, rota de aviões e helicópteros, além de linhas férreas. Às vezes até a linha do metrô pode ser um obstáculo.

 

10. Construtora:
Uma boa construtora trará menos dores de cabeça na futura manutenção do imóvel. Verifique se há reclamações pela internet junto a órgãos oficiais, e se há reclamações de atrasos de obras. Pesquise no Procon!

 

fonte: http://bit.ly/1kNujkr